Vendas de veículos novos caíram em Julho 2021

Publicado em 03/08/2021 20:48 em Economia Geral

As vendas de veículos automóveis novos, que nos meses anteriores recuperaram, caíram 21,4% homólogos (face ao mesmo período do ano anterior) em Julho, com reduções para os veículos ligeiros e comerciais pesados, anunciou a ACAP Associação automóvel de Portugal.

Em comunicado, a ACAP revela que no mês passado, comparando com Julho de 2019 as vendas totais de veículos caíram 34,7%.

Os dados da ACAP indicam que a maior redução de vendas em Julho de 2021 se verificou nos ligeiros de mercadorias (queda de 35,9% face ao mesmo mês de 2020 e de 48,3% face a Julho de 2019), seguindo-se os veículos pesados, com uma queda de 24,5% face a 2020 (descida de 28,5% nos pesados de passageiros aumento de 20% nos autocarros). As vendas totais de pesados cresceram 26,3% face às de há dois anos.

Relativamente aos ligeiros de passageiros, a área com maior expressão de matrículas de automóveis novos, a associação revela que se verificou em Julho de 2021 uma queda homóloga de 19,0% face ao ano passado e uma redução de 33,2% face a Julho de 2019.

Em Julho foram matriculados em Portugal 14 219 veículos novos, dos quais 12 323 ligeiros de passageiros, 1622 ligeiros de mercadorias e 274 viaturas pesadas, de acordo com a ACAP.

Acrescenta que nos sete primeiros meses do ano em curso as vendas de veículos novos aumentaram 17,1% face ao mesmo período do ano passado mas recuaram 34,2% em relação a dois anos antes, as de ligeiros de passageiros aumentaram 17,1% face a período homólogo de 2020 mas baixaram 36,2% face a 2019 e as de ligeiros de mercadorias subiram 19,6% face ao ano passado mas recuaram 23,6% em dois anos.

As vendas de pesados nos sete primeiros meses do ano em curso aumentaram 50,1% face ao ano passado mas recuaram 34,2% face a idêntico período de 2019, segundo a ACAP.

Ainda sem comentários