LG anuncia resultados operacionais recorde em 2020

Publicado em 08/02/2021 00:35 em Electrónica de Consumo

A fabricante de equipamentos electrónicos LG anunciou que obteve em 2020 resultados operacionais recorde de 3,195 biliões de won (2,37 mil milhões de euros), um aumento homólogo de 31,2%.

Em comunicado de resultados, a multinacional sul-coreana indica que o seu volume de negócios cresceu 1,5% no ano passado, para 63,262 biliões de won (47,02 mil milhões de euros) e os seus lucros multiplicaram-se por mais de 11 vezes, para 2,064 biliões de won (1,53 mil milhões de euros).

A LG Electronics salienta que a pandemia de Covid-19 e o abrandamento da economia levantam preocupações para 2021 mas diz esperar uma normalização da economia global devido a políticas sãs dos governos dos países e ao êxito da implementação da vacinação.

Adianta que no ano em curso a inteligência artificial, a tecnologia móvel de quinta geração (5G) e a Internet das Coisas serão largamente aplicados em várias áreas de negócio da LG.

Adianta que a divisão LG Home Appliances & Air Solutions, que inclui o ar condicionado, facturou no ano passado um valor recorde de 22,27 biliões de won (16,55 mil milhões de euros), um acréscimo de 3,5% e um resultado operacional também num patamar sem precedentes de 2,35 biliões de won (1,75 mil milhões de euros), com fortes crescimentos no mercado doméstico, na América do Norte e Europa

A LG Home Entertainment, que fabrica televisões e outros dispositivos de electrónica de consumo, registou em 2020 receitas de 13,18 biliões de won (9,79 mil milhões de euros), um decréscimo de 0,8%, e resultados operacionais de 969,7 mil milhões de won (720,5 milhões de euros).

A LG Mobile Communications, que produz e comercializa os dispositivos móveis da marca, anunciou receitas de 5,22 biliões de won (3,88 mil milhões de euros), em baixa de 13%, com uma recuperação do crescimento no último trimestre, e um prejuízo operacional de 841,2 mil milhões de won (630 milhões de euros), reflectindo o aumento do investimento em marketing.

A multinacional indica que a divisão que produz telemóveis foi afectada por escassez de componentes para os dispositivos móveis e vendas fracas dos seus smartphones premium, parcialmente compensadas por redução de custos, conseguida com aumentos de eficiência.

A divisão de componentes e soluções para veículos facturou em 2020 mais 6,1% do que em 29019, atingindo 5,80 biliões de won (4,31 mil milhões de euros), e conseguiu um aumento de 41,3% das vendas no quarto trimestre comparando com igual período de 2019.

A multinacional acrescenta que a LG Business Solutions, que inclui também os monitores da marca, facturou no ano passado 6,01 biliões de won (4,47 mil milhões de euros), em queda de 0,1%, e teve lucros operacionais de 457,88 mil milhões de won (340,2 milhões de euros), num contexto de crescimento da procura por produtos de tecnologias da informação, para trabalho remoto e ensino à distância.

Ainda sem comentários