Volume de negócios e lucros Intel baixam no terceiro trimestre

Publicado em 24/10/2020 23:43 em Indústria TI

A multinacional tecnológica Intel anunciou que o seu volume de negócios baixou 4% no terceiro trimestre fiscal, para 18 333 milhões de dólares (15 457 milhões de euros) no terceiro trimestre, devido a uma redução do negócio centrado em dados e apesar do aumento de 1% no negócio centrado em computadores.

Em comunicado de resultados, a Intel revela que os seus resultados operacionais no terceiro trimestre do ano fisval(terminado a 28 de Setembro) caíram 22% homólogos (face ao mesmo período do ano anterior), para 5059 milhões de dólares (4265 milhões de euros), e os lucros recuaram 29%, para 4276 milhões de dólares (3605 milhões de euros).

O investimento da companhia em investigação e desenvolvimento (I&D) reduziu se 1%, para 3272 milhões de dólares (2759 milhões de euros), representando ainda assim quase um quarto (23,3%) da facturação total.

Nos três primeiros trimestres de 2020, que concluíram a 26 de Setembro, s receitas da Intel cresceram 11,8%, para 57 889 milhões de dólares (48 808 milhões de euros).

Nos três primeiros trimestres de 2020, os resultados operacionais progrediram 19,8%, para 17 794 milhões de dólares (15 003 milhões de euros), e os lucros cresceram 6,4%, para 15 042 milhões de dólares (12 682 milhões de euros).

O investimento acumulado em I&D situou-se em 9901 milhões de dólares (8348 milhões de euros), um recuo de 0,8%.

Para o conjunto do ano fiscal de 2020, a Intel espera alcançaruma facturação de 75,3 mil milhões de dólares (63,5 mil milhões de euros).

O presidente executivo (CEO) da Intel, Bob Swan, assinalou que a pandemia de Covid-19 afectou negativamente partes significativas do negócio da companhia mas verificou-se uma forte procura de computadores portáteis e um continuado crescimento na «cloud» (nuvem)

Ainda sem comentários