Canalys prevê vendas 278 milhões smartphones 5G em 2020

Publicado em 23/09/2020 14:44 em Indústria

A consultora e analista de mercados Canalys prevê vendas mundiais de 278 milhões de smartphones com tecnologia de quinta geração (5G) em 2020 e antecipa para o próximo ano uma quase duplicação (crescimento de 95%), para 544 milhões de unidades 5G.

A estimativa da Canalys antecipa que sejam vendidos na China (incluindo Taiwan) este ano 172 milhões de telefones 5G (62% do total planetário) e aumentem em 2021 para 305 milhões, continuando a representar mais de metade (56%) das vendas totais.

Surge em segundo lugar a América do Norte, com uma previsão de vendas em 2020 de 42 milhões (quota de 15%) e em 2021 de 92 milhões (17% do total).

A Canalys antecipa que a região EMEA (Europa, Médio Oriente e África) deverá vender no ano em curso 31 milhões de smartphones 5G (11% do total) e mais do que duplicar em 2021, para 76 milhões de unidades, ficando com uma quota de 14%, enquanto a Ásia/Pacífico (excluindo China) deverá vender este ano 29 milhões de dispositivos 5G e no próximo 59 milhões, mantendo uma quota de 11%.

A América Latina deverá vender este ano 3 milhões de telefones 5G e mais do que quadruplicar no próximo (aumento de 342%), para 13 milhões, ficando a representar 2% das vendas mundiais.

A analista destaca que a Realme lançou este mês na China o V3, o primeiro telefone 5G abaixo dos 150 dólares, tornando-se o primeiro smartphone 5G de entrada de gama, mas também já estão disponíveis na Europa telefones 5G com preços competitivos, como o Motorola G 5G ou o Xiaomi Mi 10 Lite 5G, embora em mercados centrados na Apple, como o britânico, muitos continuem a aguardar pelo primeiro iPhone com tecnologia 5G.

No entanto, a Canalys sublinha que as vendas totais de smartphones, incluindo os de outras tecnologias móveis, irá recuar 10,7% este ano e ter uma recuperação em 2021, com um crescimento de 9,9%, para atingir mais de 1,3 mil milhões de unidades.

Ainda sem comentários