HP foi marca mais vendida Março a Maio em impressoras e PC

Publicado em 01/07/2020 22:00 em Equipamentos

O director-geral da HP, José Correia, indicou que a HP foi a marca que mais vendeu impressoras e PC durante o período de confinamento, entre Março e Maio, citando dados da analista de mercados GfK.

Num Webinar realizado terça-feira, José Correia salientou que aqueles três meses foram um período em que a procura por aquele tipo de equipamentos «cresceu exponencialmente», principalmente devido às necessidades de tecnologia para trabalho e estudo remotos.

Adiantou que a resposta interna da HP à pandemia esteve ao mais alto nível e a empresa implementou o teletrabalho ainda antes do confinamento, mantendo total operacionalidade e sem disrupções.

José Correia sustentou que a HP esteve à altura da procura dos consumidores por equipamentos de tecnologias da informação no período de confinamento.

Questionado sobre as perspectivas de vendas, o director-geral da HP salientou que as áreas de tecnologia que a HP trabalha têm tido um pico de vendas nos últimos meses, nomeadamente com a adopção do teletrabalho e do ensino remoto, mas destacou que existe grande incerteza até ao final do ano.

Assinalou que a HP termina no fim de Julho um trimestre fiscal, que ainda está a ser avaliado, mas admitiu que as vendas não manterão até ao fim do ano a intensidade que têm registado.

Observou que muitas empresas tiveram de alterar orçamentos e antecipar compras de tecnologia e há grande incerteza sobre como vai evoluir até ao final do ano.

José Correia destacou que a HP lançou o serviço Instant Ink quando ainda não havia de Covid 19, mas que aquele serviço se adequa completamente à realidade da pandemia, indicando que o objectivo é conseguir uma subscrição por cada cinco impressoras vendidas.

O Instant Ink é um serviço disponível para muitas impressoras da marca, em que o utilizador subscreve um plano de “n” páginas por mês, com um preço em função do número de páginas contratadas, e quando a impressora indica que a tinta está no fim a HP entrega novos tinteiros em casa, sem custo adicional.

O director-geral da HP defendeu que o “as a Service” (serviços de tecnologia a partir da nuvem) tem um grande potencial futuro porque as empresas acabam por ter cada vez mais constrangimentos na manutenção dos seus parques informáticos e o “as a Service” permite grande flexibilidade na gestão de parques de computadores e impressoras e até de estações de trabalho.

Interrogado sobre o interesse da HP Portugal no projecto do governo português de computadores para a educação, José Correia disse que a empresa está a acompanhar porque «vai ser «um projecto marcante e significativo» e quer estar envolvida.

Contudo, assinalou que a informação disponível é ainda muito escassa, o governo ainda vai definir as tipologias e características dos equipamentos para os diferentes ciclos de ensino e a HP terá de ver em função dos equipamentos de que dispõe.

No Webinar, a HP apresentou um conjunto de novos equipamentos nas áreas de impressão, de portáteis e computadores de secretária All-in-One (AiO), equipamentos de gaming e acessórios para gaming, incluindo monitores, ratos, colunas e auscultadores.

Paulo Matos, gestor de soluções de impressão da HP Portugal, salientou que os processos aceleraram e gerou-se a ideia de que havia um cada vez menor uso da impressão, mas, com o recolhimento em casa, as pessoas começaram a imprimir mais e muitas tiveram de adquirir impressoras mais modernas.

Apresentou um conjunto de novas impressoras de jacto de tinta das gamas DJ (deskjet), com preços a começar em 49 euros para as mais básicas, Deskjet Plus 4100, que custa 69,99 euros, a gama Envy e a HP NeverStop Mono Laser, com três anos de garantia e ideal para pequenas empresas, com consumo reduzido e fácil carregamento de toner, com preços a partir de 269 euros.

Na área da informática de consumo, os responsáveis da HP apresentaram cinco novos modelos de portáteis HP da gama Envy, com grandes autonomias de bateria, e computadores de secretária, com os novos modelos Pavilion All-in-One (AiO) com ecrãs de 24 e 27 polegadas que podem ir até resolução 4K.

Na área do gaming, os responsáveis da HP apresentaram a mais recente linha de equipamentos da OMEN (marca de gaming da HP), incluindo portáteis de elevado desempenho, e o novo portátil HP Pavilion Gaming, três versões computadores de secretária de gaming, configuráveis e com facilidade de alterar o hardware, e com opções de arrefecimento das unidade central de processamento (CPU) por líquido ou por ar, um monitor de gaming e um conjunto de acessórios.

Ainda sem comentários