Despesa serviços infra-estrutura na nuvem cresce 34% I trimestre

Publicado em 12/05/2020 22:24 em Internet

A despesa com serviços de infra-estrutura na nuvem cresceu 34% homólogos no primeiro trimestre e atingiu um recorde 31,0 mil milhões de dólares (28,6 mil milhões de euros), estima a consultora e analista de mercados Canalys.

A consultora indica que aquele crescimento foi impulsionado pelas organizações de todo o mundo que optaram pelo trabalho remoto devido à pandemia de Covid-19, o que implicou rápido acesso a recursos computacionais.

A erupção na procura de ferramentas colaborativas online, comércio electrónico e serviços na nuvem para consumidores provocou um claro crescimento no consumo de infra-estrutura «Cloud», beneficiando os principais fornecedores de serviços na nuvem, acrescenta.

A Canalys destaca que a AWS manteve a liderança neste segmento, com um crescimento de vendas de 33% e uma quota de mercado de 32%, enquanto a Microsoft, apesar de um aumento de 59% nas vendas do Azure, registou um peso de 17% no mercado, surgindo em terceiro lugar a Google Cloud, seguida de perto pela Alibaba Cloud, que foi um dos primeiros serviços na nuvem a lançar iniciativas para apoiar as empresas afectadas pela contenção na China.

Ainda sem comentários