Mercado automóvel recuou quase 85% em Abril

Publicado em 08/05/2020 20:44 em Economia Geral

A ACAP – Associação Automóvel de Portugal anunciou que em Abril se verificou uma queda homóloga histórica de 84,6% na venda de viaturas novas em Portugal, que atingiu os 87,0% de redução nos ligeiros de passageiros novos.

A anterior redução máxima nas vendas totais de veículos novos foi em Março, com uma queda de 56,6% homólogos (face ao mesmo período do ano precedente, mas que superou a anterior redução histórica de 52,3%, em Fevereiro de 2012, em plena crise financeira, com uma descida de 52,3%.

Em Abril passado, as vendas de comerciais ligeiros caíram 69,9% homólogos e as de veículos pesados baixaram 72,7%.

Nos quatro primeiros meses do ano, as vendas totais de veículos novos em Portugal desceram 39,8% face ao mesmo período de 2019, com as de ligeiros de passageiros a caírem 40,4% homólogos, as de comerciais ligeiros a recuarem 36,2% e as de pesados em queda de 39,8%.

O encerramento dos stands durante o estado de emergência explica que, apesar dos esforços das marcas para facilitarem a compra online de automóveis - que não tem grande tradição em Portugal -, a queda de vendas de veículos tenha chegado a números históricos.

Ainda sem comentários