Bosch anuncia testes rápidos fiáveis para Covid-19

Publicado em 27/03/2020 16:02 em Tecnologias da Saúde

A multinacional alemã Bosch anunciou hoje que a sua filial Bosch Healthcare Solutions e os laboratórios britanicos Randox, da Irlanda do Norte, desenvolveram um dos primeiros testes rápidos ao Covid-19, que obedece aos requisitos da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Em comunicado, a Bosch afirma que o teste, que demora duas horas e meia a dar resultados pode diagnosticar 10 patogénos respiratórios simultaneamente, o que permite um diagnóstico diferenciado, com uma precisão de mais de 95%.

Volkmar Denner, CEO da Bosch, citado no comunicado, garante que este testa rápido ajudará a conter a propagação da pandemia e a quebrar mais rapidamente a cadeia de transmissão.

A Bosch afirma que está a ajudar instalações médicas, como consultórios, hospitais, laboratórios e centros de saúde com o seu teste ao rápido Covid-19, totalmente automatizado.

A multinacional alemã afirma que em conjunto com a Randox o teste foi desenvolvido «em muito pouco tempo, e observa que, retirada uma amostra do nariz ou da garganta do paciente com uma zaragatoa, esta é colocada num cartuxo que já tem todos os reagentes necessários para o teste e inserida no analisador Bosch Vivalytic, que pode realizar até 10 testes por dia.

O técnico de saúde pode passar para outras tarefas enquanto o aparelho está a processar a análise, destaca a empresa, adiantando que com 100 analisadores é possível fazer mil testes por dia.

No seu sítio Internet, o laboratório Randox indica que irá disponibilizar kits para testes rápidos em casa ao Covid-19, com um preço de 120 libras (134 euros), mas, devido as solicitações de serviços de saúde, apenas começará a aceitar encomendas individuais em linha na semana que se inicia em 30 de Março.

Ainda sem comentários