Portugueses são quem menos compra online na UE

Publicado em 2017-08-08 01:50:49 em Economia Geral

O Eurostat estima que apenas 37,8% dos residentes em Portugal maiores de 18 anos e que utilizam a Internet por razões privadas fizeram compras na Internet nos 12 meses terminados no segundo trimestre de 2016, a percentagem mais baixa de toda a União Europeia (UE). Os dados de uma sondagem promovida pelo Departamento de Estatísticas das Comunidades Europe (...)

Marcas mais relevantes têm desempenho triplo média bolsista

Publicado em 2017-08-02 01:06:43 em Economia Geral

As marcas mais relevantes apresentam um desempenho que é triplo (206% superior) ao da média das empresas cotadas em bolsa, segundo o estudo «Meaningful brands» (marcas significativas) realizado pelo Havas Media Group. O grupo Havas indica que no estudo de deste ano as marcas mais significativos foram o Google, a PayPal e a WhatsApp, seguidas do You Tube (...)

Novos empregos: geralmente precários e mal pagos

Publicado em 2017-06-12 00:39:04 em Economia Geral

Os novos empregos criados nos últimos quatro anos são normalmente precários e mal pagos, segundo um estudo do Observatório sobre Crises e Alternativas, elaborado pelo jornalista e economista João Ramos de Almeida. O autor salienta que os dados disponíveis confirmam que só um terço dos contratos no emprego criados desde 2013 e que vigoravam em Maio d (...)

Desigualdade económica, polarização social e ameaças ambientais são principais riscos para 2017, WEF

Publicado em 2017-01-12 02:47:09 em Economia Geral

As desigualdades económicas, a polarização social e a intensificação das ameaças ambientais são os principais riscos identificados pelo «Global Risks Report 2017», do World Economic Forum (WEF), para o ano que agora começa e que vão moldar os desenvolvimentos globais da próxima década. O documento do WEF afirma que «os principais factores de r (...)

Banco Portugal espera crescimento 1,2% em 2016 e evolução moderada até 2019

Publicado em 2016-12-15 02:11:31 em Economia Geral

O Banco de Portugal (BPort), no seu Boletim Económico de Inverno, espera que o PIB português cresça 1,2% este ano, acelere ligeiramente para 1,4% em 2017 e estabilize em 1,5% nos dois anos seguintes. As projecções do banco central português assentam nos pressupostos de uma moderação do consumo privado nos próximos anos, com desaceleração do cresc (...)