D

Dark fiber – Refere-se à parte da capacidade não utilizada dos cabos de fibra óptica. Sendo a construção o mais caro da passagem de infra-estruturas de telecomunicações, o racional é colo, car fibra óptica prevendo as necessidades de utilização futuras. Assim, durante um tempo mais ou menos longo existe esse excedente de capacidade.

Datacenter – Ver Centros de processamento de Dados

Desagregação do Lacete Local (Unbundling Local Loop) – Aluguer do troço final da rede telefónica até casa do cliente, mantendo o operador proprietário da rede a propriedade dessa acesso. Numa fase inicial, a liberalização das comunicações fixas em Portugal baseou-se na desagregação do lacete local a partir da rede da Portugal Telecom.

Desktop – Computador de secretária

Dial-up – Uma ligação comutada à Internet em banda estreita, através de modem, que utiliza a rede telefónica. Com o advento do ADSL, já é pouco utilizada nos países mais desenvolvidos.

Digitalizador – dispositivo informático que digitaliza imagens, isto é, transforma informação analógica em digital (scanner em inglês).

Digitalizar – Copiar um documento ou imagem em formato analógico, geralmente em suporte papel, para um formato digital, utilizando um digitalizador.

DIMM - Dual Inline Memory Module – é um tipo de memória RAM. É utilizada nos computadores modernos e são módulos de 64 bits, o que permitiu acabar com a necessidade de as memórias serem colocadas aos pares. Ao contrário dos SIMM, que substituiu, têm contactos dos dois lados do módulo.
Existem diferentes formatos de memória DIMM. Os mais antigos são os módulos de memória SDR, de 168 vias, que eram utilizados há até poucos anos. Posteriormente surgiram os módulos de memória DDR depois DDR2 e actualmente DDR3

Directório – Local no disco rígido ou outro sistema de armazenamento de dados informáticos utilizado para guardar informação análoga (pode ser um programa de computador ou outra informação conexa).

Disco rígido - Unidade de memória permanente, que mantém os dados gravados quando se desliga o computador. A capacidade e velocidade de acesso dos dicos rígidos teve uma evolução exponencial. Na segunda metade dos anos oitenta, em que a maioria dos poucos computadores pessoais arrancavem com diskettes, um disco rígido de 20 Megabytes era um luxo, Hoje um disco de 500 Gigabytes é comum.

DNS – Domain Name System – Um servidor de nomes que faz a tradução de um nome alfanumérico (por exemplo «falardetecnologia.com») para um domínio IP.

DOS – Disk Operating System – Sistema operativo que dominou até ao fim dos anos oitenta/ princípio da década de noventa nos computadores pessoais IBM compatíveis (os Apple usavam um sistema próprio, na altura mais evoluído).

Download – Importação de ficheiros por Internet.

DRAM – Dynamic Random Access Memory – Memória volátil dos computadores. A DRAM é uma tecnologia mais moderna e permite memórias com maior capacidade do que as SRAM (Ver RAM).

DSL - Digital Subscriber Line – Designação genérica para as tecnologias de banda larga sobre par de fios de cobre telefónicos.

DtH – Serviço de distribuição de televisão por satélite.

Dual Band – designação para telefones móveis que suportam frequências, geralmente GSM 900 e GSM 1800, sendo a comutação feita automaticamente quando uma das redes não está acessível ou disponível.

DVD – Digital Versatile Disk – Suporte de armazenamento multimedia permanente, semelhante aos CD mas capaz de conter muito mais informação.