Guerra de patentes nos EUA preocupa desenvolvedores de aplicações

Publicado em 19/07/2011 00:29 em Software

A «guerra» de patentes que se verifica actualmente nos Estados Unidos estará a afastar desenvolvedores internacionais de aplicações das versões para os Estados Unidos nas lojas Apple e Android devido a receios de processos de companhias que possuem patentes, segundo o jornal Guardian.

Um relatório indica que o crescimento do número de processos legais nos Estados Unidos por alegadas violações de tecnologias patenteadas preocupa os programadores que desenvolvem aplicações, porque nenhuma das principais empresas envolvidas – Apple, Google e Microsoft – lhes pode garantir protecção contra essas acções, mesmo tendo licenciadas essas tecnologias.

Um programador que desenvolve aplicações para dispositivos móveis disse ao Guardian que é demasiado perigoso fazer negócio nos Estados Unidos, enquanto outro afirmava que vender software nos EUA atingiu um ponto de não viabilidade.

A principal alteração recente parece ser o lançamento de acções legais por violação de patentes intentadas pela Lodsys contra um grupo de desenvolvedores de aplicações.

A Lodsys defende que mesmo em casos em que licenciou patentes suas a companhias como a Apple, Google ou Microsoft, isso não significa que o licenciamento seja extensível a parceiros daquelas companhias.

Na semana passada, o programador indiano Kootol Software contactou vários fornecedores de plataformas, fornecedores de serviços e desenvolvedores de aplicações chamando a atenção para uma tecnologia que usam e que afirma pertencer à Kootol.

Entre as companhias visadas pela Kootol estão a Microsoft, Yahoo, Google, Apple, Bharti Airtel, Nokia, Foursquare, Research in Motion (RIM), Facebook e Twitter.

Ainda sem comentários