RIM anuncia redução pessoal após quebra de lucros

Publicado em 18/06/2011 00:18 em Indústria

A Research in Motion (RIM), fabricante dos smartphones Blackberry, anunciou que vai iniciar um «programa de racionalização» que incluirá redução de pessoal, após uma redução dos lucros no primeiro trimestre fiscal de 2012, terminado a 28 de Maio.

A RIM adianta que no âmbito daquele programa vai eliminar redundâncias e fazer uma «realocação de recursos» para se focar nas áreas que oferecem maiores oportunidades de crescimento e acelerar a introdução de novos produtos no mercado.

Em comunicado de apresentação de resultados, a companhia canadiana indica que o volume de negócios cresceu 15,9%, para 4 908 milhões de dólares (3 430 milhões de euros), mas os resultados operacionais caíram 15,2%, para 897 milhões de dólares (627 milhões de euros), e os lucros baixaram 9,6%, para 695 milhões de dólares (486 milhões de euros).

Durante aquele trimestre, a RIM produziu 13,2 milhões de smartphones e aproximadamente meio milhão de unidades do seu novo tablet PC, o BlackBerry Playbook.

Jim Balsilie, co-CEO da empresa, citado no comunicado, afirma que a RIM teve um começo do ano fiscal desafiante e que o abrandamento se deve prolongar pelo segundo trimestre fiscal, observando que o atraso na introdução de novos produtos até ao final de Agosto conduz a perspectivas para o segundo trimestre inferiores às esperadas.

No entanto, o co-presidente executivo da empresa canadiana afirma que com o lançamento de novos produtos nos próximos meses e o realinhamento da estrutura de custos, a RIM deverá ter um forte crescimento dos lucros na parte final do ano fiscal em curso.

A RIM anuncia que espera um volume de negócios entre 4,2 mil milhões e 4,8 mil milhões de dólares (2,9 mil milhões a 3,4 mil milhões de euros) no segundo trimestre fiscal 2012, que termina a 27 de Agosto de 2011.

Ainda sem comentários