FMI alvo de ataque informático de proporções desconhecidas

Publicado em 12/06/2011 15:36 em Segurança Informática

FMI alvo de ataque informático de proporções desconhecidas



O Fundo Monetário Internacional (FMI) foi alvo de um ataque informático de proporções ainda desconhecidas, segundo um artigo de David Sanger e John Markoff publicado no New York Times.

Segundo o jornal, os responsáveis do FMI comunicaram o ataque aos seus funcionários na quarta-feira mas não o tornaram público, embora fontes seniores da organização tenham classificado a acção de pirataria informática como sofisticada e grave.

Segundo uma fonte citada pelo jornal, a intrusão no sistema do FMI prolongou-se durante alguns meses.

O sistema informático do Fundo armazena informações classificadas sobre a situação económica e financeira da generalidade dos países membros, além de informação sobre negociações com países que receberam empréstimos do FMI, como é o caso de Portugal, Grécia ou Irlanda.

David Hawley, porta-voz do FMI, questionado pelo New York Times, recusou comentar o ataque ou se havia informações sobre a origem da intrusão, afirmando apenas: «estamos a investigar um incidente, e o Fundo está completamente funcional».

A preocupação com o ataque foi tão grande que o Banco Mundial, cuja sede se situa nas imediações da sede do FMI, desligou a ligação que permite a partilha de informações entre as duas instituições.

Um porta-voz do Banco Mundial disse que se tratou de uma precaução enquanto não se conhece a severidade do ataque informático. A instituição desligou temporariamente as ligações da sua rede ao exterior mas retomou-as rapidamente e afirma não haver indícios de intrusão no seu sistema.

Segundo fontes do Banco Mundial, a ligação permite contactos entre as duas instituições e acesso a dados que não são públicos, mas não permite que uma delas aceda a dados financeiros confidenciais da outra.

Ainda sem comentários