FTC preocupada com privacidade nas comunicações móveis

Publicado em 26/05/2011 00:53 em Geral

Depois de a Comissão Europeia e as autoridades reguladoras da UE, é a vez da Comissão Federal do Comércio (FTC) dos Estados Unidos manifestar a sua preocupação com os perigos para a privacidade relacionados com as aplicações móveis.

Aquela entidade reguladora norte-americana entregou ao Congresso uma nota em que dava conta da necessidade urgente de proteger os que podem fornecer involuntariamente informação pessoal, em particular os jovens, mais vulneráveis.

Na sua nota, a FTC salienta que o Wall Street Journal denunciou o acesso de companhias a informação privada detalhada, como a idade, sexo e localização associada a um terminal móvel particular, que pode ser usada para rastrear e prever os movimentos dos consumidores.

A FTC salienta que as crianças e os jovens que usam telemóveis estão a aumentar rapidamente.

Segundo uma organização norte-americana, a percentagem de crianças e jovens dos 12 aos 17 anos que possuem um telemóvel passou de 45% em 2004 para 75% em 2009.

A FTC destaca que aqueles jovens usam os telemóveis não apenas para fazer chamadas mas utilizam também aplicações móveis que suscitam preocupações em relação à privacidade, tal como sistemas de localização.

«Nos anos recentes, o advento de novas tecnologias e novas formas de coligir dados, incluindo através de dispositivos móveis, aumentou as preocupações sobre a protecção dos jovens que estão online», sublinha aquele regulador dos Estados Unidos.

Ainda sem comentários