Europa Ocidental: Samsung lidera nos telemóveis, Apple nos smartphones

Publicado em 10/05/2011 12:19 em Geral

A Nokia perdeu a liderança nas vendas de telemóveis na Europa Ocidental no primeiro trimestre de 2011, sendo ultrapassada pela Samsung nos terminais tradicionais e pela Apple nos smartphones, segundo dados da consultora IDC, especializada em tecnologias e telecomunicações.

A Samsung vendeu 13,2 milhões (mais 5%) de telemóveis (tradicionais e smartphones) na Europa Ocidental nos três primeiros meses do ano, o que lhe garantiu uma quota de 29,3% do mercado, relegando para segundo lugar a Nokia, que colocou 12,6 milhões de terminais (menos 10%) e ficou com um peso de 27,9% no mercado.

A Apple ficou em terceiro lugar com 4,4 milhões vendidos e uma quota de 9,8% do mercado da Europa Ocidental, a Research in Motion (RIM) vendeu 3,5 milhões de unidades que lhe conferiram uma quota de 7,8% e a HTC ficou em quinto lugar com números idênticos ao da RIM, indica a IDC.

No entanto, os 4,4 milhões de unidades vendidas pela Apple (todas smartphones), um aumento de 49%, deram à marca da maçã o primeiro lugar no mercado de smartphones da Europa Ocidental no primeiro trimestre, com uma quota de 20,8%, destronando o líder tradicional Nokia, que vendeu 4,2 milhões de terminais (menos 15%) e ficou com 19,6% do mercado, segundo a IDC.

A RIM e a HTC, que também só produzem smartphones, ficaram em terceiro e quarto lugar respectivamente, com uma quota de 16,1% do mercado em causa, seguidas pela Samsung, que ocupou o quinto lugar com 2,6 milhões de smartphones vendidos e um peso de 12,1% no mercado.

A Samsung multiplicou por quase oito vezes e meia as suas vendas de smartphones e a HTC multiplicou-as por 3,7 vezes.

As vendas totais de telemóveis na Europa Ocidental cresceram 5% no primeiro trimestre, atingindo 45,0 milhões de unidades, enquanto as de smartphones aumentaram 76%, para 21,2 milhões de unidades.

Os smartphones, que no primeiro trimestre de 2010 representaram pouco mais de 28% das vendas totais de telemóveis, ultrapassaram os 47% do total nos três primeiros meses de 2011.

Francisco Jerónimo, responsável da pesquisa na área de dispositivos móveis da IDC, citado em comunicado, salienta que «a Nokia é uma das marcas mais reconhecidas e apreciadas na Europa, mas a Samsung foi capaz de identificar primeiro as tendências (do mercado) e mover-se rapidamente».

Acrescenta que a Samsung compreendeu rapidamente a apetência pelos dispositivos com ecrã táctil e apresentou um leque de telemóveis com aquela tecnologia a preços competitivos, enquanto nos smartphones, embora continuando a investir no seu sistema operativo próprio – o Bada – adoptou rapidamente a plataforma Android, da Google.

Ainda sem comentários