Quatro maiores lojas online de aplicações terão forte crescimento

Publicado em 07/05/2011 23:48 em Geral

As quatro maiores lojas online de aplicações móveis deverão apresentar um crescimento médio de 77,7% em 2011 e atingir uma facturação conjunta de 3,8 mil milhões de dólares (2,7 mil milhões de euros), segundo um estudo da IHS Screen Digest.

A loja online de aplicações da Apple deverá representar mais de três quartos (76%) daquele valor, com 2,91 mil milhões de dólares (2 mil milhões de euros), acrescenta aquela consultora.

No entanto, o Android Market deverá ter o maior crescimento, de 295%, atingindo receitas de mais de 425 milhões de dólares (cerca de 297 milhões de euros), ultrapassando o Blackberry App World, que com 279 milhões de dólares (195 milhões de euros) cairá para o terceiro lugar.

A IHS assinala que as quatro maiores lojas Internet de aplicações móveis (App Store, da Apple, Android Market, da Google, Ovi Store, da Nokia, e BlackBerry App World, da RIM) facturaram em conjunto 830,6 milhões de dólares em 2009 mas mais do que duplicaram as receitas em 2010, atingindo 2,1 mil milhões de dólares.

Aquela consultora prevê que as receitas conjuntas das mesmas lojas de aplicações móveis atinjam 5,6 mil milhões de dólares no próximo ano, 6,9 mil milhões de dólares em 2013 e 8,3 mil milhões de dólares em 2014. Admite que a Apple deverá continuar a liderar mas o seu peso naquele valor descerá para 60%.

A IHS assinala, no entanto, que outras lojas online de aplicações móveis, em particular o Windows Marketplace, da Microsoft, ganharão provavelmente um peso e importância suficientes para “sacudirem” aquele mercado.

A IHS Screen Digest afirma que em 2010 foram feitos 9,5 mil milhões de downloads de aplicações móveis, este ano deverão quase duplicar e ascender a 18,1 mil milhões e em 2014 atingir os 33 mil milhões.

Ainda sem comentários