Alcatel-Lucent com forte redução prejuízos no primeiro trimestre

Publicado em 06/05/2011 13:07 em Indústria

A multinacional fabricante de equipamentos e soluções de telecomunicações Alcatel Lucent anunciou hoje prejuízos de 10 milhões de euros no primeiro trimestre, que compara com resultados negativos de 515 milhões de euros em período homólogo de 2010.

Em comunicado de resultados, a Alcatel Lucent revela que o seu volume de negócios cresceu 15,2% homólogos no período em análise, para 3,74 mil milhões de euros.

A companhia indica que as receitas cresceram em todas as suas divisões, destacando o aumento de 36,5% na área de redes «wireless» (móveis), para 1 118 milhões de euros, crescimento concentrado no Continente americano, principalmente devido à duplicação do negócio CDMA EV-DO e ao negócio da quarta geração móvel (LTE – Long Term Evolution).

A divisão de IP cresceu 28,3%, para 349 milhões de euros, a de Óptica 15,3%, para 654 milhões de euros, e a divisão de rede fixa cresceu 3,7%, para 309 milhões de euros.

O negócio de aplicações teve um acréscimo de 8,4% nas receitas, que atingiram 451 milhões de euros, e a facturação dos serviços cresceu 4,8%, para 809 milhões de euros.

O presidente executivo (CEO) da Alcatel Lucent, Bem Verwaayen, citado no comunicado, destaca que 2011 começou como terminou 2010, com crescimento do negócio.

Observou que um «mix geográfico e de produto favorável teve um impacto positivo na margem bruta (da Alcatel Lucent), enquanto as medidas tomadas em relação aos custos fixos conduziram a novos ganhos de eficiência».

Bem Verwaayen destaca que o mercado se mantém robusto, dinamizado pelo procura de aumento de capacidade e melhoria de serviços em muitos países, sustentando que algumas dificuldades que a companhia enfrenta na cadeia de fornecimentos terão um impacto limitado no seu negócio.

O CEO da Alcatel Lucent espera que a multinacional cresça em 2011 a um ritmo superior à média do mercado em que actua.

Ainda sem comentários