Microsoft com receitas recorde no terceiro trimestre fiscal 2011

Publicado em 28/04/2011 23:56 em Empresas

A Microsoft anunciou hoje um volume de negócios recorde de 16,43 mil milhões de dólares (11,07 mil milhões de euros) no terceiro trimestre fiscal de 2011, terminado a 31 de Março, um aumento homólogo de 13%.

Em comunicado de resultados, a multinacional norte-americana indica que os seus lucros no trimestre em análise ascenderam a 5,23 mil milhões de dólares (3,53 mil milhões de euros) e os resultados operacionais atingiram 5,71 mil milhões de dólares (3,85 mil milhões de euros).

Peter Klein, administrador executivo da Microsoft para a área financeira (CFO), salientou os fortes resultados da empresa de software, apesar de um ambiente instável no mercado de PC.

«Os consumidores estão a comprar o Office 2010, a Xbox (de jogos) e Kinect (um dispositivo para Xbox que permite comandá-la com movimentos) em larga escala e as empresas de todas as dimensões estão a comprar as plataformas e aplicações da Microsoft», acrescentou Klein.

A Microsoft afirma que o Office 2010 se tornou na versão deste pacote de produtividade mais vendida da história e que a divisão «Microsoft Business» cresceu 21% homólogos.

Acrescenta que o Windows 7 se mantém como o sistema operativo da história mais rapidamente vendido, com 350 milhões de licenças.

A facturação da divisão de serviços online da Microsoft aumentou 14% homólogos, dinamizada pelo aumento de receitas do motor de busca Bing.

A divisão de dispositivos de entretenimento aumentou as suas receitas em 60% face a trimestre homólogo, adianta a multinacional.

Ainda sem comentários