Nokia despede 4 mil, transfere mais 3 mil para Accenture

Publicado em 27/04/2011 12:59 em Geral

A Nokia anunciou hoje que pretende transferir as suas actividades de desenvolvimento de software Symbian e 3 mil trabalhadores a elas ligadas para a Accenture até ao fim de 2011.

Em comunicados hoje divulgados, a multinacional de telecomunicações finlandesa indica que vai reorganizar as suas actividades de investigação e desenvolvimento (I&D) e produtivas e despedir cerca de 4 mil trabalhadores até ao fim de 2012.

A Nokia espera ter concluído um acordo final com a Accenture durante o Verão de 2011 e fazer até ao fim do ano a transferência dos 3 mil empregados, que trabalham na China, Estados Unidos, Finlândia, Índia e Reino Unido e que ficarão inicialmente ligados às actividades de software Symbian.

A prazo as duas empresas vão procurar oportunidades para formar e recolocar os trabalhadores transferidos.

A Accenture deverá prestar à Nokia serviços na área do software de mobilidade e vai tornar-se um parceiro preferencial na plataforma Windows Phone, da Nokia.

Quanto às actividades de I&D, a Nokia afirma que o seu objectivo é que cada centro tenha uma missão e papel claramente definidos, o que levará ao desenvolvimento de alguns centros de I&D e à redução ou encerramento de outros.

A companhia finlandesa diz que os 4 mil trabalhadores afectados pela redução de mão-de-obra continuarão na folha de pagamentos da Nokia até ao fim de 2011 e a redução de pessoal ocorrerá faseadamente até ao fim de 2012. Os países mais afectados pelos despedimentos serão a Dinamarca, a Finlândia e o Reino Unido.

Estas medidas inserem-se no recente anúncio da Nokia de que pretende conseguir em 2013 poupanças de mil milhões de euros em comparação com o ano de 2010.

A Nokia prevê um programa de reemprego de longo prazo e afirma que vai procurar um conjunto de soluções para os trabalhadores a despedir, desde colocação em parceiros locais, até apoio à criação do próprio emprego.

Ainda sem comentários