Motorola voltou aos lucros em 2010

Publicado em 28/01/2011 19:07 em Geral

A multinacional norte-americana fabricante de equipamentos de telecomunicações Motorola, que no início deste ano deu origem a duas empresas (Motorola Solutions e Motorola Mobility) voltou aos lucros em 2010.

As duas novas empresas divulgaram os resultados de 2010 atribuíveis às actividades com que ficaram, verificando-se que a Motorola Solutions voltou aos lucros em 2010, com um resultado líquido de 650 milhões de dólares (474 milhões de euros) e a Motorola Mobility apresentou um prejuízo de 86 milhões de dólares (63 milhões de euros).

Isto significa que a companhia que lhes deu origem teve mais de 560 milhões de dólares de dólares de resultados positivos, após prejuízos superiores a 1.300 milhões de dólares, atribuíveis na quase totalidade ao segmento da Motorola Mobility.

Apesar de continuar a ter prejuízos em 2010, a Motorola Mobility apresentou lucros de 80 milhões de dólares (58 milhões de euros) no quarto trimestre do ano passadol.

Um resultado que não descansa os accionistas, porque a perspectiva anunciada pela companhia para o primeiro trimestre de 2011 é de resultados líquidos negativos entre 26 milhões e 62 milhões de dólares (19,1 milhões a 45,6 milhões de euros).

O volume de negócios da Motorola Solutions aumentou 6,3% no ano passado, para 19 282 milhões de dólares (14 192 milhões de euros), e a facturação da Motorola Mobility em 2010 cresceu 3,7%, para 11 460 milhões de dólares (8 432 milhões de euros), com a América do Norte a representar 63% das receitas totais da empresa fabricante de telemóveis e equipamentos electrónicos para consumo.

A Motorola Mobility produziu em 2010 um total de 37,3 milhões de telemóveis, dos quais 13,7 milhões smartphones, que geraram uma facturação de 2,4 mil milhões de dólares.

Para 2011, a companhia tem como objectivo produzir entre 20 milhões e 23 milhões de smartphones e de tablet PC, e deverá centrar-se nalguns mercados, particularmente nos Estados Unidos, China e América Latina, indicaram os responsáveis da companhia.

A Motorola Solutions prevê para o primeiro trimestre de 2011 um crescimento homólogo de 3% a 4% no volume de negócios, excluindo o negócios de redes de telecomunicações, que deverá ser adquirido ainda durante o primeiro trimestre pela Nokia Siemens Networks.

Ainda sem comentários