Mercado comunicações unificadas duplica de 2010 a 2014 na EMEA

Publicado em 18/01/2011 21:56 em Geral

O mercado de comunicações unificadas na região EMEA (Europa, Médio Oriente e África), que valeu 8 mil milhões de dólares (6 mil milhões de euros) em 2010, deverá mais do que duplicar em 2014, para um valor de 16,6 mil milhões de dólares (12,4 mil milhões de euros), indicou a consultora tecnológica IDC.

A IDC prevê um crescimento anual moderado nos próximos anos e acredita que o impacto da crise do crédito na região EMEA vai continuar a tornar as empresas nas decisões de investir em novos equipamentos tecnológicos.

«Os orçamentos nesta região continuarão a ser mais estreitamente monitorizados, restringidos ou adiados até que a recuperação económica seja mais significativa», considera Isabel Montero, analista sénior da IDC, citada em comunicado da consultora.

O relatório da IDC afirma que o alojamento de serviços de comunicações unificadas crescerá e irá tornar-se mais dominante no fim do período de previsão, uma tendência que será mais marcada nas pequenas e médias empresas.

O «outsourcing» de soluções de comunicações unificadas em detrimento de soluções próprias será adoptado para reduzir os custos da gestão e manutenção das redes.

A IDC espera mais fusões e aquisições nos próximos anos na área das comunicações unificadas, devido à concorrência cerrada entre fornecedores de serviço para melhorar a interoperabilidade.

Ainda sem comentários