Empresas europeias com défice investimento em tecnologia

Publicado em 18/01/2011 19:27 em Empresas

As empresas europeias têm um défice de investimento em inovação tecnológica e estão excessivamente focadas no dia-a-dia, segundo a apreciação dos 487 gestores de oito países que responderam a um inquérito promovido pela multinacional de software SAP.

O estudo da multinacional alemã líder mundial em software de gestão indica que 60% dos responsáveis empresariais afirmaram que as suas empresas estão a sacrificar excessivamente o investimento em inovação tecnológica.

Cerca de um terço dos inquiridos defende, também, que a estratégia de tecnologias da informação das suas empresas está demasiado focada nas necessidades do dia-a-dia das organizações.

Os dirigentes apontaram a necessidade de as empresas repensarem os investimentos em tecnologias, nomeadamente a sua repartição pelas necessidades operacionais, de manutenção e em inovação.

A maioria dos dirigentes empresariais aponta a necessidade de reorientar os investimentos em tecnologia para a inovação, visando melhorar o desempenho, a produtividade e a rentabilidade das organizações.

Quase metade (48%) dos dirigentes empresariais ouvidos apontam a incerteza económica como razão para este desequilíbrio na distribuição do investimento tecnológico e 39% referem uma despesa excessiva com o investimento destinado à área operacional.

Mais de metade das empresas consideram que estão a deixar de realizar valor devido ao desinvestimento na inovação tecnológica.

Mais de dois em cinco (44%) dos dirigentes indicam que a falta de investimento em inovação tecnológica tem impacto negativo no negócio, 44% referem perdas de produtividade e 43% afirmam que esta opção inviabilizou a realização de poupanças.

Um terço dos responsáveis empresariais diz que esta situação poderá implicar receitas inferiores ao esperado no médio prazo devido àquela situação.

Ainda sem comentários