Despesa em VoIP vai crescer 52% entre 2010 e 2014

Publicado em 14/01/2011 21:27 em Geral

A despesa total em Voz sobre Protocolo Internet (VoIP) deverá crescer 52% entre 2010 e 2014, com um acréscimo de 60% nas pequenas e micro empresas, prevê a consultora In-Stat.

Em contrapartida, o segmento das pequenas e micro empresas deverá diminuir 6% as suas despesas na voz fixa tradicional, onde o decréscimo total no período em análise deverá atingir 8%.

O relatório da consultora assinala que os maiores crescimentos da despesa em VoIP deverão verificar-se nos serviços profissionais, na saúde e nos serviços sociais.

Relativamente à VoIP móvel, a In-Stat espera que em 2015 gere receitas 6 mil milhões de dólares (4,5 mil milhões de euros).

Amy Cravens, analista de mercado da In-Stat, sublinha que um dos benefícios do VoIP para as empresas é estender as funcionalidades dos escritórios para os telefones móveis.

As soluções corporativas de VoIP essencialmente habilitam os utilizadores de telemóveis empresariais a funcionarem como uma extensão dos sistemas das empresas e permitem uma experiência de comunicações unificadas, incluindo e-mail e colaboração, acrescentou.

A Skype, operadora líder de VoIP para empresas e particulares, fundada em 2003 e companhia pioneira nessa tecnologia, anunciou um acordo para comprar a empresa norte-americana Qik, especializada no fornecimento de software e serviços de vídeo móvel.

A Qik, com 60 trabalhadores e que dispõe de um escritório na Rússia, oferece soluções inovadoras e flexíveis para capturar e partilhar imagens de vídeo através das redes móveis e da Internet.

O serviço Qik é disponibilizado em mais de 200 modelos de telemóveis sobre as plataformas Android, iPhone, Symbian, Blackberry e Windows Mobile.

A Skype anunciou oficialmente o lançamento de chamadas de vídeoconferência para empresas e particulares.

As chamadas de vídeo representaram na primeira metade de 2010 cerca de 40% das chamadas telefónicas entre dois números Skipe.

Ainda sem comentários