Huawei processa governo dos Estados Unidos por restrições de vendas

Publicado em 08/03/2019 00:00 em Indústria

A multinacional chinesa fabricante de equipamentos de telecomunicações anunciou hoje que processou as autoridades dos Estados Unidos num tribunal federal do Texas (EUA) por restrições inconstitucionais das vendas da companhia, impostas pelo Congresso.

O processo pede que seja declarado pelo tribunal que as restrições à Huawei são inconstitucionais e que seja declarada uma injunção permanente contra essas restrições.

O presidente em exercício da fabricante de equipamentos de telecomunicações, Guo Ping, alega que o Congresso não conseguiu, repetidamente, apresentar qualquer evidência que sustente as suas restrições aos produtos da Huawei e a empresa foi forçada a adoptar a acção legal como último recurso.

Ping considera que não só a decisão é ilegal como restringe a capacidade da Huawei de concorrer de forma justa e afecta os interesses dos consumidores dos Estados Unidos.

John Suffolk, responsável da Huawei pela cibersegurança e privacidade, garante que a companhia se pode orgulhar de ser a empresa mais aberta, transparente e escrutinada do mundo.

Ainda sem comentários