Mais metade PME alvo de ciberataques em 2017

Publicado em 09/10/2018 22:47 em Segurança Informática

Mais de metade (53%) das pequenas (até 250 trabalhadores) e médias (251 a 500) empresas (PME) sofreram falhas de segurança informática durante o ano passado, segundo um estudo da Cisco com respostas de 1816 PME de 26 países.

A Cisco revela que 39% das empresas disseram que menos de metade dos seus sistemas foram afectados por um ataque grave mas duas em cada cinco empresas tiveram os seus sistemas informáticos afectados durante oito ou mais horas.

As empresas inquiridas revelaram que geriram uma média de 5 mil alertas de segurança por dia, mas que só 54% deles foram investigados, sendo que 37% dos investigados eram reais.

Mais de metade (51%) dos alertas que se revelaram reais não foram resolvidos e só 49% dos alertas legítimos foram solucionados, revela a Cisco.

A Cisco destaca que as PME são cada vez mais visadas por ataques informáticos porque contam com uma infra-estrutura de segurança menos sofisticada do que as grandes empresas e com menos recursos qualificados para darem resposta às ameaças.

As PME afirmam que à medida que criam um ambiente mais heterogéneo de produtos e diversificam fornecedores as preocupações aumentam. Mais de três quartos (77%) das PME consideram difícil ou muito difícil organizar os alertas oriundos das várias soluções de segurança.

A Cisco indica que 19% das PME investiram no aumento da segurança dos terminais para se protegerem contra malware avançado, 18% para melhorarem as condições de segurança na Web e 17% para implementarem soluções de prevenção de intrusões.

A companhia líder em soluções e equipamentos de segurança na Internet destaca que a maioria dos responsáveis de segurança inquiridos estão a utilizar ou a considerar utilizar ferramentas de automatização, inteligência artificial e machine learning para fazer face às ciberameaças.

Indica que 70% das médias empresas utilizam ferramentas de inteligência artificial, que compara com 74% nas grandes empresas, 81% usam automação (85% nas grandes) e 75% machine learning (grandes 74%).

A Cisco revela que mais de metade (57%) das PME subcontratam serviços de assessoria e consultoria de segurança, 54% de resposta a incidentes e 51% serviços de monitorização de segurança.

Ainda sem comentários