LG com receitas e resultados operacionais recorde no I trimestre

Publicado em 27/04/2018 11:51 em Geral

A multinacional de electrónica LG Electronics anunciou um volume de negócios e resultados operacionais recorde no primeiro trimestre de 2018.

Em comunicado de resultados, a LG anunciou um volume de negócios de 15,12 biliões de won (11,65 mil milhões de euros), um aumento homólogo de 3,2%, e resultados operacionais 1,11 biliões de won (855 milhões de euros), um acréscimo superior a 20%.

A LG sublinha que os três primeiros meses de 2018 tiveram a maior rentabilidade desde o segundo trimestre de 2019 e que este foi o primeiro trimestre da história da multinacional em que os resultados operacionais das duas maiores divisões somados ultrapassaram o bilião de won.

A LG Home Appliance e Air Solution teve resultados operacionais de 553,1 mil milhões de won (428,4 milhões de euros) e facturação de 4,92 biliões de won (3,79 mil milhões de euros) e a LG Home Enternainment teve lucros operacionais de 577,3 mil milhões de won (447,1 milhões de euros) e vendas de 4,12 biliões de won (3,19 mil milhões de euros), um acréscimo homólogo de 7,4%, precisou a companhia.

A LG Mobile Communications, que produz dispositivos móveis, teve receitas de 2,16 biliões de won (1,67 mil milhões de euros), uma redução face aos três primeiros meses de 2017 devido a uma alteração estratégica na área dos smartphones num mercado estagnado e com aumento da concorrência. Esta divisão teve prejuízos operacionais de 136,1 mil milhões de won (105,5 milhões de euros), adiantou a companhia.

A multinacional indicou que divisão de componentes para veículos facturou 840 mil milhões de won (650 milhões de euros) no primeiro trimestre, uma redução de 1% devida à redução das vendas de viaturas, e um prejuízo operacional de 17 mil milhões de won (13,2 milhões de euros).

A divisão de negócios com empresas teve um volume de negócios de 642,7 mil milhões de won (497,6 milhões de euros), um acréscimo homólogo de 24%, e resultados operacionais de 78,8 mil milhões de won (61,0 milhões de euros), que quase triplicaram os do primeiro trimestre do ano passado, com um aumento de 192%.

A LG anunciou, também, a compra da companhia austríaca ZKW, fornecedor de sistemas de iluminação para automóveis, por um montante de 1,1 mil milhões de euros, a maior compra de sempre da LG.

A multinacional indica que a LG Electronics adquire 70% do capital e a companhia mãe LG Corp compra os restantes 30%.

A LG adianta que a ZKW, que emprega 9 mil trabalhadores, manterá a autonomia e continuará a ser gerida pelo actual CEO, Oliver Schubert, e a produção na Áustria vai manter-se inalterada durante pelo menos cinco anos.

A multinacional sublinha que, com este negócio deverá reforçar o seu papel de actor líder na área dos componentes automóveis, nomeadamente nos produtos de iluminação para automóveis.

Ainda sem comentários