Co-fundador da Apple sai do Facebook e explica porquê

Publicado em 19/04/2018 23:20 em Internet

Steve Wozniak, co-fundador da Apple, anunciou a sua saída do Facebook e explicou ao USA Today a sua decisão de deixar aquela rede social, indica a Sophos.

Segundo um texto de John Dunn, publicado no blogue oficial da firma britânica de segurança informática Sophos, Wozniak critica o comportamento do Facebook em matéria de privacidade e diz que «os utilizadores fornecem cada detalhe da sua vida ao Facebook» e o Facebook faz com isso muito dinheiro em publicidade.

O fundador da Apple comenta que os lucros são baseados na informação dos utilizadores, mas que estes não recebem nada desses lucros e afirma que com o Facebook os utilizadores são o produto.

Wozniak destaca que ao contrário do Facebook, a Apple faz o seu negócio com bons produtos e não com os seus utilizadores.

Há dias o presidente executivo da Apple, Tim Cook, disse que a Apple poderia fazer o que o Facebook faz mas escolheu não o fazer.

«Não vamos traficar a vossa vida pessoal, A privacidade é para nós um direito humano, uma liberdade fundamental», garantiu Cook.

John Dunn destaca que, ironicamente, a primeira figura conhecida das tecnologias a dizer #deletefacebook (apaguem o Facebook), foi o co-fundador do WhatsApp, que recentemente saiu da companhia que em 2014 vendeu ao Facebook.

Ainda sem comentários