Produção automóvel em Portugal quase duplicou no I trimestre

Publicado em 16/04/2018 23:48 em Economia Geral

A produção automóvel em Portugal cresceu 88,9% homólogos no primeiro trimestre de 2018, para 72 347 unidades, impulsionada pelo aumento de 133,9% dos ligeiros de passageiros fabricados no país, para 59 420 viaturas, revelou a ACAP – Associação Automóvel de Portugal.

Trata-se do maior nível de produção no primeiro trimestre nos últimos 10 anos, claramente acima dos 52 382 de 2011.

Os dados da ACAP revelam que a produção de comerciais ligeiros aumentou 4,8% homólogos (face ao mesmo período do ano passado) no primeiro trimestre do ano em curso, enquanto a de veículos pesados baixou 29,1%, para 1235 viaturas, apenas comerciais pesados, dado que nos primeiros trimestres de 2017 e 2018 não foi montado qualquer autocarro em Portugal, situação que se prolonga desde 2014.

Das viaturas produzidas em Portugal, 69 817 (96,5% do total) destinaram-se a exportação e apenas 2530 (3,5%) foram direccionadas para o mercado nacional, segundo a ACAP.

A Autoeuropa produziu 54 947 ligeiros de passageiros no primeiro trimestre (92,5% do total desta gama e um aumento de 160,9%, isto é, mais de duas vezes e meia a produção dos três primeiros meses do ano passado, indica aquela associação.

A fábrica da Peugeot Citroen, em Mangualde, produziu no primeiro trimestre 4473 ligeiros de passageiros, um acréscimo homólogo de 3,1% e 10 270 comerciais ligeiros, um aumento de 5,4% e 87,8% da produção de comerciais ligeiros em Portugal, acrescenta.

No período em análise, a Mitsubishi FusoTruck Europe produziu 720 comerciais ligeiros (6,2% do total e um aumento homólogo de 2,3%, e 1235 comerciais pesados, a totalidade do fabrico de pesados em Portugal e uma redução de 29,1% face aos três primeiros meses de 2017.

A Toyota Caetano produziu em Ovar 702 comerciais ligeiros, 6,0% do total e uma redução de 1,4%.

Segundo a ACAP, dos ligeiros de passageiros produzidos em Portugal no primeiro trimestre, 49 993 (84,1%) eram da marca Volkswagen, 4954 (8,3%) Seat, 3101 (5,2%) Peugeot e 1372 (2,3%) Citroen.

Foram exportados para a União Europeia 63 754 veículos (91,3% das exportações de veículos) e para toda a Europa 66 405 viaturas (95,1% do total), revela.

No resto do mundo fora da Europa, destaque para a Grande China (inclui a Formosa), com 3,3% das exportações automóveis portuguesas.

De acordo com a ACAP, os países com maior peso nas importações de veículos automóveis portugueses são a Alemanha (19,8%), França (15,0%), Espanha (11,7%), Itália (11,5%), Reino Unido (11,0%), Áustria (5,0%), China Continental (3,1%), Polónia (2,7%), Suíça (2,5%), Bélgica (2,2%) e Holanda (2,0%).

Ainda sem comentários