Europol anuncia detenção de 20 cibercriminosos

Publicado em 30/03/2018 00:23 em Segurança Informática

A Europol anunciou que deteve 20 ciberciminosos, 11 italianos e nove romenos, que lesaram em cerca de 1 milhão de euros de centenas de utilizadores da Itália e da Roménia.

Através do envio de mensagens electrónicas falsificadas, alegadamente das autoridades fiscais, os criminosos obtiveram credenciais bancárias das suas vítimas.

Segundo a Europol, o grupo criminoso utilizou uma estratégia de «spear phishing»,enviando mensagens de email personalizadas e com conteúdo que aparentavam terem as mensagens electrónicas sido enviadas por uma entidade confiável, como um banco.

Os lesados foram convidados a clicar numa híperligação (link), e os que aceitaram foram direccionados para um sítio Internet falso mas semelhante a um legítimo onde os detalhes pessoais e da conta bancária lhe eram roubados.

A Europol indica que a investigação foi iniciada em 2016 e que o grupo criminoso usou credenciais roubadas para transferir dinheiro das contas das vítimas para contas bancárias que controlava e retirou o dinheiro em caixas automáticas através de cartões bancários associadas às contas criminosas.

O cibergrupo, altamente organizado, usava aplicações encriptadas, utilizou métodos intimidatórios e punitivos contra grupos concorrentes e é também suspeito de lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, tráfico de seres humanos e exploração de prostituição, adianta a Europol.

A polícia romena efectuou três buscas domiciliárias e a italiana 10 buscas domiciliárias e apreensão de computadores, acrescenta.

Ainda sem comentários