Volume negócios Sonaecom cresceu 6,9%, lucros baixaram

Publicado em 12/03/2018 22:34 em Empresas

O volume de negócios consolidado da Sonaecom aumentou 6,9% em 2017, para 139,6 milhões de euros, mas os lucros reduziram-se para menos de metade, quedando se em 22,8 milhões de euros, contra 48,1 milhões de euros em 2016.

Em comunicado de resultados, a holding do grupo Sonae para as áreas das tecnologias, telecomunicações (participação no operador NOS) e media indica que obteve no ano passado uma facturação de 125,9 milhões de euros na área das tecnologias, um acréscimo homólogo de 7,9%.

A Sonaecom indica que a sua área de tecnologias já realiza 50,3% das suas receitas fora de Portugal e que 38,7% dos seus 1028 trabalhadores actua no estrangeiro.

A WeDo Technologies, líder mundial em garantia de receitas e gestão de fraude, tem como clientes mais de 180 operadores de telecomunicações de mais de uma centena de países e gera mais de três quartos (77,1%) da sua facturação fora de Portugal.

Na área das tecnologias, em que participa em mais de uma dúzia de empresas, o grupo controla, entre outras, além da WeDo, a empresa de segurança informática S21Sec, a firma de facturação e troca electrónica de dados (EDI) Saphety, a BizDirect (tecnologias Microsoft).

No sector de media, a Sonaecom indica que o Público continuou no ano passado a executar a sua estratégia digital e a reforçar as suas competências digitais e tem vindo a reforçar a sua posição como fonte de informação de referência na língua portuguesa.

Ainda sem comentários