Prejuízos da Nokia agravaram-se 58% em 2017

Publicado em 06/02/2018 00:20 em Indústria

A fabricante finlandesa de equipamentos e soluções para redes de telecomunicações Nokia anunciou prejuízos de 1437 milhões de euros em 2017, um agravamento homólogo de 58%, e um volume de negócios de 23 147 milhões de euros, uma quebra de 2%.

Em comunicado de resultados, a Nokia anunciou lucros operacionais de 16 milhões de euros no ano passado, que comparam com prejuízos operacionais de 1100 milhões de euros em 2016.

A facturação do negócio de redes caiu também 2%, para 20 523 milhões de euros, enquanto a Nokia Technologies (que detém a carteira de patentes da multinacional) aumentou as suas receitas em 57%, para 1654 milhões de euros.

Rajeev Suri, presidente e CEO da Nokia, citado no comunicado, destaca o «forte quarto trimestre da Nokia, e a melhoria da rentabilidade tanto no último trimestre como no conjunto do ano.

Ainda sem comentários