4,6 mil milhões euros compras electrónicas em Portugal em 2017

Publicado em 04/02/2018 11:41 em Internet

Mais de um terço (36%) dos portugueses fez compras na Internet no ano passado, que atingiram um valor total de 4,6 mil milhões de euros, revelou o presidente da ACEPI- Associação da Economia Digital.

Segundo Nilo Fonseca, em 2016 fizeram compras online 33,1% dos residentes em Portugal.

Em encontro com jornalistas, Alexandre Fonseca afirmou que o volume de negócios efectuado online pelo Estado e pelas empresas se elevou no ano que findou a 70 mil milhões de euros, segundo estimativas do Estudo Economia Digital em Portugal.

O estudo prevê que em 2025 os utilizadores de Internet representem 91% da população portuguesa (71,8% em 2016, 73% no ano passado) e que dentro de sete anos as compras dos portugueses na Internet atinjam um valor total de 8,9 mil milhões de euros.

O presidente da ACEPI assinalou que, apesar de ser verificado em 2017 uma evolução positiva das compras na Internet em lojas online nacionais, metade do total do comércio electrónico de consumidores portugueses foi realizado em sítios Internet no estrangeiro, o que revela que há muito espaço para as empresas nacionais aumentarem a sua presença no comércio electrónico em Portugal.

Adiantou que 56% dos portugueses que fizeram compras Internet no estrangeiro recorreram a lojas online chinesas, 40% do Reino Unido, 36% de Espanha e 25% em lojas online nos Estados Unidos.

Dados de 2016, indicam que apenas 27% das empresas portuguesas efectuaram negócios online e só 17% do seu volume de negócios foi proveniente de vendas online a clientes no estrangeiro, revelou.

Acrescentou que a percentagem das lojas que vendem online é de 7% para as microempresas, 25% para as pequenas empresas, 36% para as médias empresas e 54% para as grandes.

Alexandre Nilo Fonseca destacou que a maior disrupção nos modelos de negócio tradicionais provocada pela digitalização se centrou sobretudo na experiência dos clientes, com as tecnologias digitais a impulsionarem mudanças significativas na forma como os clientes comunicam, efectuam as transacções comerciais e interagem com as marcas e empresas.

Observou que o perfil do consumidor mudou de forma acentuada, os seus níveis de exigência e as expectativas de qualidade dos produtos e serviços, de rapidez de resposta das empresas e de resolução de problemas com a compra aumentou de forma exponencial.

O presidente da ACEPI previu que em 2018 se consolidará a experiência do comércio electrónico através de vários dispositivos, com uma compra a iniciar-se num computador e a terminar num dispositivo móvel ou vice-versa e com presença crescente em várias plataformas.

Salientou que no futuro os clientes vão querer poder comprar em todos os canais da mesma forma e ter ao seu dispor os mesmos produtos e serviços, e formas de pagamento e de entrega.

Nilo Fonseca anunciou que em 2018 a Portugal Digital Week decorre de 22 de Outubro, dia em que será apresentado o Estudo Anual da Economia e da Sociedade Digital em Portugal, até 26 de Outubro, em que decorre o dia de compras na Net.

Destaque, ainda, para a realização da ACEPI Digital Portugal Summit a 23 e 24 de Outubro deste ano.

Ainda sem comentários