Ericsson prevê mil milhões de assinantes 5G em 2023

Publicado em 05/01/2018 21:55 em Geral

A multinacional sueca fabricante de equipamentos e soluções para redes de telecomunicações Ericsson prevê que em 2013 haja mil milhões de subscritores de redes móveis com a tecnologia de próxima geração 5G, o que deverá significar cerca de um em cada cindo utilizadores.

O relatório Ericsson Mobility estima que no fim de 2017 a tecnologia de quarta geração LTE era já predominante, impulsionada pela procura de maior capacidade e rapidez das comunicações móveis e por uma visualização crescente de conteúdos vídeo.

A Ericsson admite que as primeiras redes comerciais com tecnologia 5G arrancarão em 2019, mas a difusão em maior escala ocorrerá em 2020.

Antecipa que os primeiros mercados a implementar a tecnologia móvel de próxima geração incluirão os Estados Unidos, a China, o Japão e a Coreia do Sul.

A multinacional sueca prevê que o tráfego de dados móveis deverá multiplicar-se por oito até 2023 e ultrapassará os 100 exabytes por mês, com grande crescimento de tráfego de dados em todas as regiões.

Estima que os Estados Unidos atingiram no final de 2017 um tráfego médio de 7 gigabytes por mês e por utilizadorl.

A Ericsson afirma que a voz sobre LTE(VoLTE) já está disponível em 125 redes de seis dezenas de países e a redita que os subscritores daquele serviço chegarão aos 5,5 mil milhões no final de 2023, cerca de 85% do total.

Ainda sem comentários