Marcelo garante que Portugal se mantém no Acordo de Paris

Publicado em 09/11/2017 23:14 em Web Summit

O presidente da República portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa garantiu hoje que Portugal se manterá no Acordo de Paris sobre o clima e o combate às alterações climáticas.

O presidente português falava a encerrar a Web Summit 2017, numa intervenção que se seguiu imediatamente à alocução do ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore, que criticou com grande veemência as opções do actual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de deixar de subscrever os acordos de Paris e que defendeu a necessidade de prosseguir o combate às alterações climáticas.

Numa afirmação que neste contexto pode ser interpretada como uma crítica indirecta a Trump, Rebelo de Sousa sublinhou que há quem negue a realidade e negue a mudança de clima.

O presidente português agradeceu ao CEO da Web Summit, Paddy Cosgrave, e à sua equipa a realização da Web Summit em Lisboa e disse esperar voltar a encontrar-se com eles não só em 2018 mas também em 2019 e de 2020 em diante, «porque Portugal merece e Lisboa merece».

A realização da Web Summit em Lisboa no ano que vem está assumida pela organização mas não está adquirido onde se realizará o evento seguinte, a partir de 2019.

O chefe de Estado elogiou os presentes na Web Summit que estão a participar numa revolução científica e tecnológica, que está longe do fim.

Defendeu que os actores dessa revolução tecnológica estão a ser disruptivos e a mudar a economia, a cultura e a forma de viver.

Ainda sem comentários