Vendas da LG cresceram 15% no terceiro trimestre A LG anunciou que as suas vendas cresceram 15% homólogos no terceiro trimestre e atingiram 15,22 biliões de won (11,65 mil milhões de euros). Em comunicado, a multinacional de electrónica sul-coreana revelo

Publicado em 28/10/2017 00:57 em Electrónica de Consumo

Vendas da LG cresceram 15% no terceiro trimestre



A LG anunciou que as suas vendas cresceram 15% homólogos no terceiro trimestre e atingiram 15,22 biliões de won (11,65 mil milhões de euros).

Em comunicado, a multinacional de electrónica sul-coreana revelou que, apesar do ambiente económico desfavorável, os seus resultados operacionais atingiram 516,1 mil milhões de won (395,0 milhões de euros), reflectindo a forte rentabilidade das divisões de Home Entertainment e Home Appliance.

Adiantou que a divisão de Home Appliance e Ar Condicionado facturou 4,98 biliões de won (3,8 mil milhões de euros), um acréscimo homólogo de 16%, e os resultados operacionais aumentaram 26%, para 424,9 mil milhões de won (325,2 milhões de euros), indica a empresa.

A LG Home Entertainment teve receitas 4,64 biliões de won (3,55 mil milhões de euros), devido à expansão das televisões premium, com vendas de televisões OLED que nos nove primeiros meses de 2017 igualaram as de todo o ano passado e duplicaram as de 2015. Os resultados operacionais daquela divisão subiram 12%, para 458,0 mil milhões de won (350,5 milhões de euros), com uma margem operacional recorde de 9,9%, precisa.

A LG Mobile Communications teve um volume de negócios de 2,81 biliões de won (2,20 mil milhões de euros), um aumento homólogo de 8%, mas registou prejuízos operacionais de 375,3 mil milhões de won (287,3 milhões de euros).

A companhia indica que no terceiro trimestre produziu 13,7 milhões de smartphones, com aumentos homólogos de 44% na Coreia do Sul e de 9% na América do Norte.

A divisão de componentes para veículos vendeu 873,4 mil milhões de won (668,5 milhões de euros), um aumento homólogo de 29%, mas teve um resultado operacional negativo de 29 mil milhões de won (22 milhões de euros), devido aos grandes investimentos em investigação e desenvolvimento.

Ainda sem comentários