CEO Web Summit anuncia 10 mil bilhetes para jovens 7,5 euros

Publicado em 23/10/2017 23:51 em Web Summit

O CEO da Web Summit, Paddy Cosgrave, e o Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, anunciaram que estão disponíveis 10 mil bilhetes para jovens entre os 16 e os 23 euros para participar numa manhã ou numa tarde de um dos três dias da Web Summit pelo preço simbólico de 7,5 euros.

Numa apresentação do programa INSPIRE, uma parceria da Web Summit com o Governo português, Cosgrave indicou que o número de bilhetes a preço simbólico para jovens passou de 6 mil no ano passado para 10 mil em 2017.

Adiantou que no ano passado houve mais de 120 mil candidaturas para a campanha INSPIRE, que é agora lançada pelo segundo ano consecutivo com maior número de bilhetes disponíveis.

Os jovens poderão candidatar-se a um bilhete do programa INSPIRE 2017, escolhendo o dia e a sessão que pretendem, no endereço electrónico https://websummit.com/inspire.

Paddy Cosgrave indicou que se esperam 70 mil participantes de centena e meia de países na Web Summit 2017, 10% dos quais portugueses, e mais de mil oradores, estando já vendidos mais de 55 mil bilhetes.

Estimou que 42% dos participantes são mulheres e revelou que estarão presentes mais de 2.200 jornalistas de mais de uma centena de países e que há em 2017 cerca de 30% mais startups do que na primeira realização do evento em Lisboa, no ano passado.

O ministro da Economia afirmou que o governo português está há vários meses a trabalhar para que o evento seja um sucesso e está uma equipa a preparar questões de logística, segurança e transportes.

Destacou o reforço do programa INSPIRE.

Caldeira Cabral considerou que os investidores estrangeiros presentes no evento (cerca de milhar e meio, segundo os organizadores) terão oportunidade de conhecer oportunidades de investimento em Portugal, não só na tecnologia como noutras áreas.

O Ministro considerou que a presença de cerca de 2 mil jornalistas em Portugal para a Web Summit permitirá passar para o exterior a imagem de Portugal como um país aberto, envolvido na tecnologia.

Salientou que as estatísticas europeias revelam que Portugal é número um em matéria de startups.

A Web Summit, organizada pela empresa irlandesa com o mesmo nome, realizou se pela primeira vez em 2010 na Irlanda, país em que se manteve até 2015.

Em 2016, Cosgrave escolheu Lisboa como destino da maior conferência de tecnologia do mundo para alargar o número de participantes e tem contratualizado com o Governo português que a conferência se manterá em Lisboa pelo menos até 2019.

Este ano a Web Summit, que é o maior evento organizado pela empresa presidida por Paddy Cosgrave, decorre em Lisboa de 6 a 9 de Novembro.

Ainda sem comentários