Intel compra maioria do capital da Mobileye

Publicado em 09/08/2017 23:20 em Tecnologia Automóvel

A multinacional líder no fabrico de processadores Intel anunciou a aquisição de cerca de 84% das acções da Mobileye, companhia especializada em sistemas de condução autónoma de veículos.

Em comunicado, a Intel indica que no fim do período de oferta de aquisição a oferta foi aceite pelos detentores de mais de 187,88 milhões de acções ordinárias da Mobileye.

A Intel e a Mobileye anunciaram de imediato uma subsequente oferta de aquisição das restantes acções ordinárias da companhia adquirida, que expira às 11:59 horas de dia 21 do mês em curso, mas que poderá ser prorrogada por um período de pelo menos cinco dias uteis adicionais.

A Intel salienta que a capacidade da Mobileye conjugada com a capacidade da Intel nas áreas da computação e da conectividade permitirá criar soluções de computação autónoma a partir da nuvem.

Brian Krzanich, CEO da Intel, citado no comunicado, garante que com a Mobileye a Intel emerge como um líder na criação dos fundamentos da tecnologia de que a indústria necessita, considerando que se trata de «um excitante desafio para a engenharia» e uma forte oportunidade de crescimento para a Intel.

A companhia revela que a Mobileye vai começar a construir uma frota de viaturas completamente autónomas para testar nos Estados Unidos, Europa e Israel, adianta que os primeiros veículos estarão disponíveis no final de 2017 e indica que a frota poderá ultrapassar a centena de automóveis.

«Construir carros e testá-los em condições reais fornece «feedback» imediato e vai acelerar a entrega de soluções e tecnologias para veículos completamente e altamente autónomos», afirma Amnon Shashua, que será vice-presidente da Intel e presidente executivo e responsável executivo pela área da tecnologia (CTO) da Mobileye.

Acrescentou que a diversidade geográfica dos testes é muito importante porque regiões diferentes têm estilos de condução muito diversos, assim como diferentes estilos de condução e sinalização, sendo que o objectivo é desenvolver veículos autónomos que possam ser utilizados em qualquer local.

A Intel indica a que a frota incluirá múltiplas marcas de automóveis e tipos de veículos para demonstrar a natureza agnóstica da tecnologia.

Shashua sublinha que disponibilizar muito rapidamente 100 veículos para testes vai demonstrar que o sistema está adaptado às necessidades dos utilizadores e garante que nenhuma companhia o conseguiria fazer sozinha.

Sublinha que a multinacional pretende dar capacidade aos fabricantes de automóveis para entregar mais rapidamente carros que dispensam condutor com menores custos.

Ainda sem comentários