ESET afirma que loja Android alternativa espalhava malware

Publicado em 09/08/2017 00:57 em Segurança Informática

A empresa de segurança informática ESET garante ter descoberto que todas as aplicações da loja CepKutusu.com, alternativa à loja oficial da Google e baseada na Turquia, espalhava malware em todas as aplicações que disponibilizava.

Em comunicado, a ESET assegura que quando os utilizadores do sistema operativo Android procediam ao download de qualquer aplicação e carregavam no botão «descarregar agora» obtinham um malware bancário.

A ESET acrescenta que pouco depois de ter comunicado aos operadores da loja a sua descoberta as actividades maliciosas terminaram.

A ESET afirma que para aumentarem as hipóteses de não serem detectados, os ciber criminosos criaram uma política de sete dias sem infecções após o descarregamento da app, período apósn o qual a vítima era direccionada para o ficheiro infectado.

A ESET afirma que a aplicação maliciosa era capaz de interceptar mensagens SMS e descarregar e instalar aplicações falsas, diz que é a primeira vez que são infectadas todas as aplicações de uma loja Android e sublinha que não está apurado se a loja teve ou não algo a ver com o sucedido.

Ainda sem comentários