Lucros da Intel cresceram 71% primeiro semestre

Lucros da Intel cresceram 71% primeiro semestrePublicado em 31/07/2017 00:45 em Indústria TI

A multinacional fabricante de semicondutores Intel anunciou que os seus lucros cresceram 71,0% no primeiro semestre de 2017, atingindo 5772 milhões de dólares (4921 milhões de euros).

Em comunicado de resultados, a Intel adianta que facturou na primeira metade do ano em curso 29 559 milhões de dólares (25 195 milhões de euros), um aumento de 8,5% face ao mesmo período do ano passado.

Os resultados operacionais do primeiro semestre atingiram 7426 milhões de dólares (6631 milhões de euros), um acréscimo homólogo de 91,1%, uma quase duplicação.

O investimento em investigação e desenvolvimento (I&D) cresceu 3,3%, para 6601 milhões de dólares (5627 milhões de euros).

A companhia afirma que teve uma facturação recorde no segundo trimestre, com um crescimento de 14%.

Para o conjunto de 2017, a Intel espera um volume de negócios de 61,3 mil milhões de dólares (52,2 mil milhões de euros), mais 1,3 mil milhões de dólares do que o inicialmente previsto, resultados operacionais de 16,4 mil milhões de dólares (14,0 mil milhões de euros) e despesas em I&D e em fusões e aquisições de 20,8 mil milhões de dólares (17,7 mil milhões de euros).

Brian Krzanich, presidente executivo (CEO) da Intel, citado no comunicado, destaca que no segundo trimestre a facturação e os resultados cresceram a dois dígitos e recorda que nesse período a multinacional líder em microprocessadores lançou os novos Intel Core, Intel Xeon e produtos de memória.

Acrescenta que a Intel está a destacar-se em áreas como a inteligência artificial e condução autónoma.

Ainda sem comentários