Programadores AI dizem profissionais TI serão primeiros afectados

Publicado em 17/07/2017 17:20 em Destaques

Programadores informáticos que trabalham em projectos que envolvem inteligência artificial (AI) consideram que é muito provável que os primeiros empregos afectados pelo desenvolvimento da AI sejam de profissionais de manutenção e administração de tecnologias da informação (TI), segundo um estudo da Evans Data.

A consultora e analista de mercados de tecnologias afirma que 51% do mais de meio milhar de envolvidos em áreas de inteligência artificial inquiridos responderam que os projectos em que trabalham irão substituir actividades de TI.

As tecnologias da informação são também uma área que 47% dos desenvolvedores de projectos de AI procuram complementar.

O estudo da Evans Data revela que a segunda área mais atingida pelo desenvolvimento da AI deverá ser o suporte a clientes, categoria seleccionada por 41% dos que envolvidos em projectos de AI.

Janel Garvin, CEO da Evans Data, citado no comunicado, salienta que as respostas ao inquérito deixaram claro que a inteligência artificial vai afectar muitos trabalhadores.

Acrescenta que que tem havido muitas previsões de que os robots vão substituir trabalhadores menos qualificados e isso já está a acontecer, mas robots e inteligência artificial não são a mesma coisa e os empregos que a AI vai substituir ou complementar são postos de trabalho que requerem conhecimento.

É lógico que isso comece na própria área da computação, observa Garvin.

O inquérito da Evans Data sobre AI e Big Data realiza-se duas vezes por ano.

Ainda sem comentários