Incidentes segurança informática indústria custam média 445 mil euros

Publicado em 01/07/2017 00:51 em Segurança Informática

A empresa especialista em segurança informática Kaspersky estima que os incidentes de segurança nas organizações industriais custam em média 445 mil euros por ano.

A multinacional de origem russa indica que promoveu em conjunto com a Business Advantage um inquérito a 359 profissionais de segurança industrial, que mostra que em cada segundo houve no ano passado entre um e cinco ataques a empresas industriais com o custo médio referido

A Kaspersky revela que uma das principais conclusões do estudo é que se verifica uma diferença entre a percepção das empresas e a realidade dos riscos.

Indica que metade das empresas inquiridas sofreu entre 1 e 5 incidentes de Ti nos últimos 12 meses e 4% seis ou mais, apesar de 83% das empresas se considerarem bem preparadas para enfrentar um incidente.

O estudo revela que a maior fonte de preocupação (para 56% das empresas) são as viroses e o malware tradicional, as ameaças vindas de terceiras partes, como fornecedores ou parceiros, surge em segundo lugar, com 44% e a sabotagem ou outras ameaças externas intencionais surge com 41%.

Na realidade, indica a companhia, o malware tradicional esteve na origem de 53% dos incidentes, os ataques dirigidos a alvos 36%, enquanto os erros de trabalhadores ou acções intencionais justificam 29% dos incidentes.

A Kaspersky diz que a maioria das empresas industriais inquiridas tem políticas aprovadas e documentadas de cibersegurança mas a experiência demonstra que isso não é suficiente, nomeadamente devido à escassez de recursos qualificados nesta área.

A companhia russa afirma que nos próximos 12 meses as empresas estão a planear implementar ferramentas de detecção de anomalias industriais (42%) e formação das equipas no âmbito da segurança

Ainda sem comentários