Facturação SAP cresceu no I trimestre mas lucros caíram

Publicado em 27/04/2017 01:39 em Software

A multinacional SAP, líder mundial em software de gestão para empresas, anunciou hoje que o seu volume de negócios cresceu 12% no primeiro trimestre de 2017, para 5285 milhões de euros.

Em comunicado de resultados, a SAP revela que os seus resultados operacionais baixaram 17%, para 673 milhões de euros, e que os lucros diminuíram 7%, para 530 milhões de euros.

As receitas de subscrições da nuvem e suporte aumentaram 34%, para 905 milhões de euros e as de licenças de software e suporte cresceram 8%, para 3422 milhões de euros.

Bill McDermott, CEO da SAP, citado no comunicado, afirma que os resultados do primeiro trimestre são uma continuação decisiva do ano recorde de 2016 e destaca que se está a verificar globalmente uma adopção em massa das soluções da companhia, lideradas pela solução SAP S/4 HANA.

A SAP indica que na região EMEA – Europa, Médio Oriente e África, a facturação cresceu 10% no primeiro trimestre, para 2246 milhões de euros, nos Estados Unidos aumentou também 10%, para 1773 milhões de euros, no resto do continente americano subiu 16%, para 431 milhões de euros, no Japão cresceu 17%, para 198 milhões de euros, e no resto da região Ásia/Pacífico progrediu 19%, para 835 milhões de euros.

Para o ano de 2017, a multinacional alemã antecipa um crescimento de 6% a 8% do seu volume de negócios a taxas de câmbio constantes e resultados operacionais entre 6,8 mil milhões de euros e 7,0 mil milhões de euros a taxas de câmbio constantes.

No primeiro trimestre de 2017 o número de trabalhadores da SAP cresceu 10% homólogos, para 85 751 empregados.

Ainda sem comentários