Receitas da Sonaecom cresceram ligeiramente em 2016

Publicado em 13/03/2017 22:24 em Empresas

As receitas da Sonaecom cresceram 0,8% em 2016, para 130,5 milhões de euros, anunciou hoje a holding para as tecnologias, telecomunicações e media do grupo Sonae.

Em comunicado de resultados, a Sonaecom indica que as receitas de serviços cresceram 1,1% em 2016, para 90,5 milhões de euros, impulsionadas por um crescimento de 8,4% nas empresas tecnológicas, e as vendas de equipamentos aumentaram 0,2%, para 40,0 milhões de euros.

Revela que os seus lucros cresceram 44,1% no ano -passado, para 47,8 milhões de euros.

O CAPEX (despesas de capital) operacional atingiu 10,5 milhões de euros, representando 8,1% do volume de negócios, mais 1,5 pontos percentuais (pp) do que em 2015.

A holding adianta que na área de telecomunicações, a sua participada NOS continuou a apresentar um forte desempenho (resultados da NOS neste sítio Internet no início de Março).

A Sonaecom indica que a sua área tecnológica engloba, a par com as participações minoritárias e a Bright Píxel, cinco empresas que geraram 53,5% da sua facturação fora de Portugal e empregam 980 trabalhadores, 40% dos quais fora do país.

As empresas tecnológicas do grupo facturaram 116,7 milhões de euros, um aumento de 1,6%, e o seu CAPEX operacional cresceu 28,3%, para 9,7 milhões de euros.

A WeDo Technologies, líder mundial na área do software de Garantia de Receitas e Gestão de Fraudes, realizou mais de três quartos (77,6%) do seu volume de negócios fora de Portugal e tem como clientes mais de duas centenas de operadores de telecomunicações de mais de uma centena de países, segundo a Sonaecom.

A WeDo conquistou no ano passado 15 novos clientes, cinco na Europa, dois na Ásia/Pacífico, dois na América do Norte, um nas Caraíbas, quatro na região Europa de Leste, Médio Oriente e África (EEMEA) e um na América do Sul e alargou a sua presença a seis novos países (Tunísia, Chipre, Bahamas, Trinidade e Tobago, Sri Lanka e Congo), acrescenta.

Revela que a empresa de cibersegurança S21Sec, lançou em 2016 suporte permanente às empresas clientes 24 horas por dia, sete dias por semana, através do seu Website, e adquiriu a Sysvalue.

A Sonaecom adianta que a Saphety, que actua na área da facturação electrónica e nas soluções Electronic Data Interchange (EDI), tem actualmente mais de 8500 clientes com 130 mil utilizadores em 34 países e aumentou em 32,4% as suas receitas em 2016.

Na área dos Media, onde a Sonaecom detém o jornal Público e respectiva plataforma online, a holding destaca que o jornal reforçou a sua presença no Brasil e aumentou as suas receitas na Internet.

Ainda sem comentários