NetApp tem um milhar de clientes em Portugal

Publicado em 03/02/2017 00:00 em Empresas

A multinacional de gestão, armazenamento e protecção da informação Net App tem cerca de 1 milhar de clientes em Portugal e conta com meia centena de parceiros de canal no país, revelou o director-geral da filial em Portugal.

Em declarações ao Falar de Economia e Tecnologia à margem da Academia de Parceiros NetApp, que hoje decorreu em Lisboa, Daniel Cruz indicou que a empresa está directamente presente em Portugal há sete anos, embora só faça negócio através de parceiros, e tem uma quota que varia entre 12% e 15% num mercado que em Portugal vale entre 50 milhões e 60 milhões de euros.

Daniel Cruz indicou que a multinacional, que emprega cerca de 12 500 pessoas no mundo e facturou 6 mil milhões de dólares no último ano fiscal, é a número dois mundial na área em que actua, com uma quota de mercado que oscila entre 18% e 20%.

O director-geral da empresa em Portugal assinalou que a empresa desenvolve software, mas fornece soluções globais aos seus clientes através de parcerias com companhias que actuam em áreas complementares, como a Cisco, Ciytrix, VMWare, Veritas ou Veeam.

Precisou que entre os maiores clientes em Portugal se encontram os operadores de telecomunicações, alguns dos principais bancos, organismos da administração pública e saúde, para além de clientes em vários outros sectores.

Para Daniel Cruz, as principais tendências do sector em que a NetApp actua são a integração com a cloud (nuvem), a importância crescente das memórias flash, os produtos convergentes e as soluções «software only».

A integração com a nuvem permite aos fornecedores dar aos clientes a opção de ter toda a informação na empresa, ter cópia da sua informação na nuvem ou ter a informação e cópias de segurança em centros de dados externos.

Quanto ao crescimento da importância das memórias flash, Daniel Cruz destacou que com a progressiva redução de preços dos discos «solid state drive» (SSD), que deverão continuar a ficar mais baratos, a tendência é para uma substituição progressiva dos discos rígidos clássicos, já a partir do fim de 2017.

Observou que a NetApp já dispõe de discos SSD de 15 terabytes (TB), sendo um TB igual a 1024 bytes elevado à nona potência.

Garantiu que, na área das memórias flash, a NetApp tem criado programas comerciais para ajudar os clientes a evoluírem para aquela tecnologia.

Na área da convergência, a companhia dispõe da solução Flexpod, que fornece soluções chave na mão, completas e pré-configuradas, muito fáceis de implementar, acrescentou.

O director-geral da NetApp em Portugal assinalou que uma tendência que começa a surgir é o «software only», com soluções para instalação nos servidores do próprio cliente.

Ainda sem comentários