Web Summit: estrangeiros terão feito operações com cartões de próximo 4 milhões euros em quatro dias

Publicado em 19/11/2016 00:26 em Web Summit

A SIBS anunciou que nos quatro dias em que decorreu a Web Summit se registaram no distrito de Lisboa 230 mil operações de compra ou de levantamento com cartões bancários estrangeiros, num valor total de mais de 17 milhões de euros.

Precisa que se realizaram durante o período analisado 49 mil levantamentos e 181 mil compras com cartões estrangeiros.

Em comunicado, a SIBS indica que aqueles números representam um crescimento de 50% em número de operações e de 30% em valor face ao mesmo período do ano passado, o que significa que houve um aumento de cerca 4 milhões de euros nos movimentos com cartões estrangeiros no período em análise.

A SIBS apenas contabilizou o período desde as 18H00 de 7 de Novembro (hora da sessão inaugural) até às 20H00 de 10 de Novembro, mas a presença de estrangeiros para se deslocarem à Web Summit começou antes da sessão inaugural, tanto mais que os registos dos participantes começaram dia 7 de manhã.

Segundo dados da organização do evento, deslocaram-se a Lisboa para a Web Summit cerca de 46 mil participantes estrangeiros.

A SIBS indica que no recinto (vedado) da Web Summit, as duas nacionalidades estrangeiras com mais levantamentos e compras com cartão foram os britânicos e holandeses.

Tendo em consideração que a organização tentou garantir previamente as reservas de quartos de hotel a todos os participantes que o pretendessem, nas despesas realizadas com cartões não estarão incluídas em muitos casos as despesas de hotelaria, cujos preços em Lisboa se situaram nesses dias bastante acima dos valores normais de Novembro.

Mas num ano recorde para o turismo, é natural que o acréscimo da ordem dos 4 milhões de euros não se tenha devido exclusivamente à entrada de participantes na Web Summit, ainda que aqueles devam ter representado o grosso desse aumento.

Ainda sem comentários