Startup dinamarquesa Kubo vence PITCH Competition

Publicado em 11/11/2016 00:31 em Web Summit

No dia em que o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou a Web Summit, foi anunciada a startup vencedora da PITCH Competition, a dinamarquesa Kubo, que arrecadou o prémio de 100 mil euros.

A Kubo venceu com o Kubo Robot, um produto pedagógico para crianças do ensino pré primário e primário, cujo objectivo enunciado é levar as crianças «a aprender a aprender» através da robótica e do pensamento computacional.

Para trás ficaram as outras duas finalistas, a suíça PapayaPod, que inovou no mercado de arrendamento, e a cipriota Soiltron, que desenvolveu um projecto disruptivo para produzir energia eléctrica, renovável, por extracção do solo.

Na cerimónia de entrega do prémio, o CEO da Web Summit, Paddy Cosgrave, agradeceu às duas centenas de startups que participaram nesta competição, recordou que em 2014 a startup portuguesa Codacy foi a vencedora e revelou que foi com esse facto que para ele Portugal entrou no mapa.

Paddy Cosgrave, em intervenções efectuadas entre segunda-feira e hoje, disse que Lisboa tornou a Web Summit num verdadeiro fenómeno global, com cerca do dobro dos participantes do no passado em Dublin, num total de mais de 53 mil participantes de 166 países, a presença de cerca de dois milhares de jornalistas, 677 oradores e a presença de executivos de topo de grandes empresas tecnológicas e de outros sectores de actividade.

Aliás, Cosgrave salientou hoje que a Web Summit de Lisboa se destacou pela presença de executivos de sectores de actividade não tecnológicos e de personalidades do desporto, entre outras.

A conferência de Lisboa tem também como novidade que 42% a 43% dos participantes são mulheres, quando em ocasiões anteriores o peso feminino rondava os 10%, com presenças de todo o mundo, segundo o CEO da empresa organizadora.

A Web Summit vai manter-se em Lisboa pelo menos mais dois anos e Cosgrave já sonha com 80 mil participantes, porque há espaço para crescer entre o Pavilhão Atlântico e o Pavilhão 4 da FIL.

A organização avançou com dados de balanço final do evento.

O tempo médio gasto em cada sessão na App da Web Summit foi de 12,26 minutos e foram enviadas mais de 1,83 milhões de mensagens através da app, houve mais de 4,2 milhões de visualizações dos streams de vídeo do evento, e consumiram-se 97 mil pastéis de nata, com muito café a acompanhar.

Estiveram presentes no evento mais de 1300 dos mais influentes investidores internacionais em tecnologia e quase 1500 companhias nas diversas fases de arranque.

Ainda sem comentários