Fundo europeu pode gerar mais mil milhões euros investimento em startups

Publicado em 08/11/2016 22:39 em Web Summit

O Comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, anunciou hoje um fundo europeu para apoiar o crescimento das empresas que poderá levar a um investimento de mais de mil milhões de euros para financiar startups.

O Comissário Europeu português indicou que os investimentos terão de ser maioritariamente privados.

Segundo a Comissão, a CE disponibilizará até 400 milhões de euros, devendo três quartos do investimento ser assegurado por financiamento privado.

Carlos Moedas esteve presente em Lisboa na Web Summit e participou no painel «Europe’s Tech Scene: Second Best?» onde reconheceu que valores de investimento de capital de risco normais nos Estados Unidos são considerados muito altos na Europa.

Sublinhou que na Europa o capital de risco baseia-se principalmente em financiamento público, ao contrário dos Estados Unidos, onde é sustentado por capital privado.

A consequência é que a falta de capital de risco limita as startups europeias, que muitas vezes são compradas por empresas ou fundos norte-americanas, lamentou.

Moedas garantiu que a Comissão Europeia trata de forma igual todas as companhias mas as pessoas têm depois uma percepção negativa sobre a actuação da CE neste domínio, que, segundo o Comissário, não corresponde à realidade.

Ainda sem comentários