Web Summit arranca hoje em Lisboa com sessão inaugural

Publicado em 07/11/2016 15:35 em Web Summit

A Web Summit arranca hoje em Lisboa com uma sessão inaugural em que falam no início o fundador e CEO da empresa irlandesa Web Summit, Paddy Cosgrave, e o primeiro ministro português, e que será encerrada pelos dois e pelo presidente da câmara de Lisboa, Fernando Medina.

Paddy Cosgrave indicou em comunicado que esperava cerca de 50 mil participantes, mas o número de inscritos já ultrapassou os 53 mil de 166 países, o dobro do verificado em 2015 em Berlim, dos quais quase 7800 portugueses.

A primeira Web Summit, que se realizou há seis anos em Dublin, contou com 400 participantes.

Entre os portugueses, contam-se 239 startups, 170 investidores e mais de 30 parceiros, acrescentou Cosgrave.

Adiantou que em Lisboa mais 19 mil jovens se registaram para eventos especiais, o que eleva o número total para mais de 72 mil.

Estarão representados no evento deste ano mais de 20 mil companhias, 7 mil presidentes e CEO de empresas e cerca de 2 mil jornalistas de grande número de países. Segundo a organização, estão previstos 677 oradores, que incluem presidentes e CEO de algumas das maiores companhias de tecnologias do mundo.

Muitos acordos e negócios são fechados – não só em Portugal – à volta de uma mesa a beber um copo e, talvez por isso, o evento inclui as «night summit», no Bairro Alto, conhecido local da noite lisboeta, desde hoje até quarta-feira.

A organização afirma que haverá uma segurança apertada no evento, que se prolonga até quinta-feira, com o destacamento para o parque das Nações de mais de mil polícias armados.

Hoje de manhã via-se já um forte dispositivo de segurança na zona, já com algumas zonas cortadas ao trânsito automóvel e algumas partes vedadas a peões, uma situação que à tarde, com o início oficial do evento, se deverá intensificar.

Ainda sem comentários