Mobilidade aumenta produtividade do trabalho em 16%

Publicado em 04/09/2016 18:17 em Geral

O uso de dispositivos móveis para o trabalho aumenta a produtividade laboral em 16% e faz crescer em 18% a criatividade, em 23% a satisfação dos trabalhadores e em 21% a lealdade à empresa, segundo um estudo da EIU para a Aruba.

O estudo desenvolvido pela Economist Intelligence Unit (EIU, do grupo da revista Economist) e encomendado pela Aruba (do grupo Hewlett Packard Enterprise), baseado em entrevistas a mais de 1800 trabalhadores, considera que a tecnologia móvel dá aos CIO (Chief Information Officer) oportunidade de melhorar o desempenho do negócio dando aos empregados uma experiência positiva.

Os entrevistados valorizam a capacidade de trabalharem de qualquer lugar em qualquer altura como a dimensão que tem mais impacto na sua produtividade e na sua satisfação com o trabalho.

A EIU conclui que há uma correlação entre a experiência de trabalho que a companhia dá aos seus trabalhadores e o desempenho e envolvimento do seu pessoal.

Acrescenta que dar aos trabalhadores suporte de TI (tecnologias da informação) para os dispositivos móveis que possuem é altamente bem recebida pelos empregados e deve ser incluída nas políticas e práticas das empresas para a mobilidade.

A forma mais efectiva de aumentar a produtividade através de tecnologias móveis é implementar políticas e práticas que permitam aos trabalhadores trabalhar de onde quiserem e quando quiserem, sustenta a EIU.

Acrescenta que os empregados vêem a colaboração como um factor chave de criatividade e lealdade à empresa e aconselha as empresas a prosseguir estratégias para estabelecer a tecnologia móvel como uma plataforma para a colaboração.

Ainda sem comentários