Check Point alerta para riscos de importar Pokemon GO por meios alternativos

Check Point alerta para riscos de importar Pokemon GO por meios alternativosPublicado em 21/07/2016 00:49 em Segurança Informática

A empresa de segurança informática Check Point alertou para o risco de fazer download do Pokemon GO através de sítios que não a Apple App Store, para os dispositivos iOS, ou a Google Play Store, para os smartphones Android.

A companhia indica que há noutros sítios versões fraudulentas do Pokemon GO que podem infectar os dispositivos móveis com o malware Droidjack e abrir as portas aos piratas informáticos.

A Check Point afirma que «toda a agitação e entusiasmo à volta do lançamento deste jogo, em que os utilizadores podem capturar as suas criaturas favoritas no mundo real, fez com que muitos não quisessem esperar até à data oficial de lançamento no seu país».

Acrescenta que muitas das versões do jogo que aparecem na Internet contêm o malware Droidjack, que permite aos hackers tomar o controlo dos dispositivos móveis infectados e, desta forma, podem aceder aos ficheiros guardados, enviar emails, realizar chamadas ou tirar fotografias, inclusive com o terminal bloqueado.

Essas aplicações fraudulentas permitem jogar normalmente e nem sequer pedem privilégios adicionais. Por isso, os utilizadores podem não detectar a existência de malware.

A Check Point aconselha os mais apressados, que obtiveram a app fora das lojas oficiais, a proteger os terminais móveis com soluções de segurança capazes de detectar as aplicações infectadas, eliminá-las e proteger a privacidade do utilizador.

Ainda sem comentários